- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.535 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

O teu jeito de me amar

J.J.Galvão / Rui Filipe
Repertório de Rosa Negra

O teu jeito de olhar sem dizer nada
Que me deixa transtornada
Sem saber o que esperar
No teu peito desnudado de vaidade
Ponho o xaile da vontade
Da vontade de te amar

E eu que só queria andar sózinha
Quero agora estar ao pé de ti
Cada um percorre o seu caminho
E o meu por ti, chegou ao fim;
Meu inverno foi a tua ausência
Primavera quando estás aqui
Se o amor se apaga na distância
Vem aqui mais perto, junto a mim

Esse jeito que parece não ter jeito
Mas parece ter direito
A ficar dentro de mim
Se me deito, só me deito na saudade
E adormeço no desejo
Do teu jeito de me amar