- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Meia noite meia vida

Conde de Sobral / Filipe Pinto *fado meia noite*
Repertório de Fernando Maurício

É meia noite, bem sei
Meia noite é meia vida
Meia vida que gastei
Em meia noite perdida

Não me fales mais da hora / Tão tardia a que voltei
Perdi o tempo lá fora /
É meia noite, bem sei

Se esta vida são dois dias /
Verdade não desmentida
Para maiores alegrias /
Meia noite é meio da vida

Ficarás mais consolada / Do desgosto que te dei
Sabendo desperdiçada / Meia vida que gastei

Eu juro, se fizer jeito /
Á tua alma sentida
Não tirei nenhum proveito /
Em meia noite perdida