- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

O cantar

Mote: Linhares Barbosa / Glosa: F. Farinha / Joaquim Campos *fado amora*
Repertório de Fernando Farinha

O cantar, o que é cantar
Não me perguntem porquê
Só sei que canto a chorar
E choro, não sei porquê

Um dia, ao meu coração / Já farto de o ver penar
Fiz esta interrogação / O cantar, o que é cantar

Desse que vive em meu peito / E que o meu olhar não vê
É que uma resposta aceito / Resposta ninguém me dê

Só ele sente o meu pranto / Só ele sabe secar
Porque eu não sei porque canto / Só sei que canto a chorar

Enorme contradição / Sinto em mi e ninguém crê
Canto, não sei a razão / E choro, não sei porquê