- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado quimera

Rosa Lobato Faria / Nuno Nazareth Fernandes
Repertório de Mísia

Eu quis um violino no telhado
E uma arara exótica no banho
Eu quis uma toalha de brocado
E um pavão real do meu tamanho;
Eu quis todos os cheiros do pecado
E toda a santidade que não tenho

Eu quis uma pintura aos pés da cama
Infinita de azul e perspectiva
Eu quis ouvir as Cármina de Burana
Na hora da orgia prometida;
Eu quis uma opulência de sultana
E a miséria amarga da mendiga

Eu quis um vinho feito de medronho
De veneno, de beijos, de suspiros
Eu quis a morte de viver dum sonho
Eu quis a sorte de morrer dum tiro;
Eu quis chorar por ti durante o sono
Eu quis ao acordar fugir contigo

Mas tudo o que é excessivo é muito pouco
Por isso fiquei só, com o meu corpo