- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

À janela dos teus olhos

Artur Ribeiro / Adelino dos Santos
Repertório de Fernanda Maria

À janela dos teus olhos
Onde meus olhos afundo
Eu tentei dobrar escolhos
E descobrir o meu mundo
À janela dos teus olhos

Nessa janela divina
Meus sinos deram trindades
Como recuar na sina
Eu matei por fim saudades
Nessa janela divina

Foi então que me fiz fado
E quis ser verso por ti
Para andar por todo o lado
Contando aquilo que vi
Foi então que me fiz fado