- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Antes que queira não posso

Henrique Rego / Popular *fado menor*
Repertório de Alfredo Marceneiro

Antes que queira não posso
Deixar o fado é morrer
É ele o meu Padre-nosso
Que eu vou rezando a sofrer

Se a minha sina é cantar / O fado, que é meu e vosso
Como é que o posso deixar / Antes que queira não posso

Sou fadista à moda antiga / Quero cantar e viver
Aprendi numa cantiga / Antes quebrar que torcer

Se o fado tem amargor / É a cantar que o adoço
Num misto de graça e dor / É ele o meu Padre-nosso

É acto de contrição / É credo que faz querer
É a mais bela canção / Que eu vou rezando a sofrer