- - - - - - - - - -

- - - - - - - - - -
- - - - - - - - - -

° Caro visitante, existe 1 minuto de interregno entre a identificação dos intérpretes °
Loading ...

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

6.170 LETRAS PUBLICADAS // 1.970.000 VISITAS // OUTUBRO 2020

Atingido este valor // Que me faz sentir honrado // Continuo, com amor // A ser servidor do fado.

-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Existem (pelo menos) 80 letras publicadas que nao constam do índice.

Caso encontre alguma avise-me, por favor.

Se não encontra o Fado preferido // Envie, por favor, o seu pedido.

Era já tarde

Aníbal Nazare / Maximiano de Sousa
Repertório de Max

Era já tarde quando o fado conheci
E sem alarde, quis falar-me da saudade
Mas na verdade, para me lembrar de ti
Do grande amor que perdi
Era tarde, muito tarde

Pedi ao fado
Que me desse outro caminho
Ficasse ele com a saudade
Que eu queria ficar sózinho
Ele respondeu
Que o pedido era escusado
Por que o fado e a saudade
Andavam de braço dado

Era já tarde quando o fado abandonei
E fui cobarde, tive medo da saudade
Com ansiedade, eu ainda a procurei
Quando a saudade encontrei
Era tarde, muito tarde