Clicar na imagem !!!
* * * * *
As 5.310 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
POR FAVOR <> no sentido de melhorar este tributo ao fado, alerte-me para qualquer erro encontrado <> OBRIGADO
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *
* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
-------------------------------------------------------------------------
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
* * * * *

Era já tarde

Aníbal Nazare / Maximiano de Sousa
Repertório de Max
Este tema foi gentilmente cedido pelo fadista Nano Vieira

Era já tarde quando o fado conheci
E sem alarde, quis falar-me da saudade

Mas na verdade, para me lembrar de ti
Do grande amor que perdi
Era tarde, muito tarde

Pedi ao fado
Que me desse outro caminho
Ficasse ele com a saudade
Que eu queria ficar sózinho
Ele respondeu
Que o pedido era escusado
Por que o fado e a saudade
Andavam de braço dado

Era já tarde quando o fado abandonei
E fui cobarde, tive medo da saudade

Com ansiedade, eu ainda a procurei
Quando a saudade encontrei
Era tarde, muito tarde