<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.845 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Mesmo que não seja

José Fernandes Castro / António dos Santos *arranjos de João Cruz* 
Repertório de João Cruz

Mesmo que não seja amor
Aquilo que me consome
Decerto, terá o nome
Dum poema redentor

Mesmo que não seja pranto / O brilho do meu olhar
Decerto, farei chorar / Teu olhar, enquanto canto

Mesmo que não tenha tempo / Para te roubar um beijo
Vou pôr no teu pensamento / As rimas do meu desejo

E mesmo que minha voz / Cante sopros magoados
Haverá sol nos meus fados / Cantados, só para nós