- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Ou tarde ou cedo

Nóbrega e Sousa / Jerónimo Bragança
Repertório de Fernando Maurício 

Fechei os olhos, prendi-me todo
No mar de lodo que tu

Fazes de quem te quer bem
Fiz tais figuras e fui tão louco
Que a pouco e pouco, por fim

Cheguei a ter dó de mim

Gostar de quem nos faz mal 

Magoa cá dentro
Mas na vida, o principal

É mesmo gostar d'alguém

Foi sempre assim, podes crer

Também te vai suceder
Não é segredo, tudo se paga
Ou tarde ou cedo