- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Adeus ó minha gente *ausente*

Jorge Fernando / Custódio Castelo
Repertório de Jorge Fernando

Adeus ó minha gente
Vou fazer-me á dura estrada
Minh'alma ardentemente
Quer erguer-se e está prostrada;
Longe está meu horizonte
Uma luz resta-me ao longe
Qual fogueira em alto monte

Adeus ó minha gente / A quem vejo arrependidos
As mãos que me negaram / Já mas deram como amigos;
Mas dentro de mim arde / O sossego abrasador
Do Alentejo em fim de tarde

Adeus ó minha gente / Venham ver-me á despedida
Nasci no lado errado / No lado errado da vida;
Partindo fico ausente / Nem memória vou guardar
Ai adeus ó minha gente