- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Quando as nuvens chorarem

Letra e musica de Carlos Paião
Repertório de Dulce Guimarães

Não chores, se o tempo não ri
Ficarei a teu lado esperando por ti
Perdidos na noite, unidos na sorte e na dor
Guardando as palavras que temos pensadas de amor

Quando as nuvens chorarem
E as águas secarem teus olhos em fim
Partirei nessa hora
Chovendo lá fora por dentro de mim

Contigo, consigo chegar
E partir na magia de um dia voltar
Não tenho o direito de ter o que aceito e não dou
Em troca de tanto, entre nós o encanto ficou