- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Recusa

Mário Raínho / Raul Portela *fado magala*
Repertório de Mariza

Se ser fadisa é ser lua
É perder o sol de vista
Ser estátua que se insinua
Então eu não sou fadista

Se ser fadista é ser triste / É ser lágrima prevista
Se por mágoa o fado existe / Então eu não sou fadista

Se ser fadista é no fundo / Uma palavra trocista
Roçando as bocas do mundo / Então eu não sou fadista

Se ser fadista é na foz / Onda do mar sem ter crista
Não lhe empresto a minha voz / Então eu não sou fadista

Mas se é partir á conquista / De tanto verso ignorado
Então eu não sou fadista / Eu sou mesmo o próprio fado