- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.520 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Eu, tu e a guitarra

José Guimarães / Francisco Viana *fado vianinha
Repertório de Maria da Assunção

Juntinhos, de braço dado          
Logo que a noite apareceu
Lá fomos bater o fado
A guitarra, tu e eu

Não houve quem não olhasse / O meu decote atrevido
E até houve quem beijasse / A rosa do meu vestido

Eu dei uma gargalhada / Por aquele atrevimento
E ao ver-me assim descarada 7 Tu ficaste ciumento

Ciúme, não deves ter / Por eu dar assim na vista
Se pra ti sou a mulher / Prós outros sou a fadista

Não há traição nestes modos / E esta afeição continua
Porque a fadista é de todos / Mas a mulher é só tua