- - - - -

- - - - -
<> Clique na imagem e oiça Fado <>
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.685 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Os búzios

Jorge Fernando
Repertório de Ana Moura


Havia a solidão da prece no olhar triste
Como se os seus olhos fossem as portas do pranto
Sinal da cruz que persiste
Os dedos contra o quebranto
E os búzios que a velha lançava sobre um velho manto

À espreita está um grande amor, mas guarda segredo
Vazio tens o teu coração, na ponta do medo
Vê como os búzios caíram virados pra norte
Pois eu, vou mexer no destino, vou mudar-te a sorte

Havia um desespero intenso na sua voz
O quarto cheirava a insenso, mais uns quantos pós
A velha agitava o lenço
Dobrou-o, deu-lhe dois nós
E o seu padre santo falou usando-lhe a voz