- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
Canal de JOSÉ FERNANDES CASTRO em parceria com RÁDIO MIRA

RÁDIO apadrinhada pelo mestre *RODRIGO*

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
AS LETRAS PUBLICADAS REFEREM A FONTE DE EXTRAÇÃO, OU SEJA: NEM SEMPRE SÃO MENCIONADOS OS LEGÍTIMOS CRIADORES
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
ATINGIDO ESTE VALOR // QUE ME FAZ SENTIR HONRADO // CONTINUO, COM AMOR // A SER SERVIDOR DO FADO
POIS MESMO DESAGRADANDO // A TROIANOS MALDIZENTES // OS GREGOS VÃO APOIANDO // E VÃO FICANDO CONTENTES
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
6.525 LETRAS PUBLICADAS <> 2.572.800 VISITAS < > SETEMBRO 2022
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Tudo tem valor

Lima Brummon / Vitor M.Rodrigues
Maria do Rosário Bettencourt


Nada tem mais que o valor
Que tivermos p’ra lhe dar
Uma vida, um grande amor
Todo um sonho num só olhar

Porque olhar de uns é ouro
A outros parece mal
Podemos ver um tesouro
Nas mãos e ele ser um cardo

Se uns nascem p’ra amar as coisas pequenas
Um lago, um poema, as espigas morenas
Há outros que nascem p’ra abrirem caminhos
Dirigirem povos e mudar destinos


Amo a poesia, um poeta
Quer escreva versos ou não
O lavrador ama a terra
Seja pouco ou muito pão

Cada um ama o que vê
Para além do seu olhar
E o valor está no que crê
Nos caminhos por onde andar