- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Mar de Amália

Tiago Torres da Silva / Carlos Gonçalves
Repertório de Manuela Cavaco


Ao ver a fúria do mar / A bater contra o rochedo

Quase consigo escutar / A voz da Amália em segredo
As ondas querem cantar
As ondas não têm medo

A noite fica acordada / Porque a saudade não pensa
Que debaixo da almofada / Dorme aquela voz imensaE
canta a noite inspirada
E não lhe pede licença

Quando o vento não se cala / E levanta o pó do chão
Julgo ouvir a voz da Amália / Que vem cantando o malhão
O vento tenta imitá-la
E não lhe pede perdão

Fico sentada à janela / De mão dada ao meu jardim
E às vezes oiço a voz dela / A cantar dentro de mim
E p’ra poder merecê-la
Vou cantar até ao fim