<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.845 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Vestido de Primavera

Jorge Rosa / Pedro Rodrigues
Repertório de Hélder Moutinho 

Quando o nosso coração
Vestido de primavera
Bate bate por amor
Não dá razão à razão
Desordenado acelera
Não liga seja ao que fôr

Se lhe dizemos (cautela)
Finge que não dá por nada / Porque nada o contraria
Sorrindo, diz que é balela / Ou que é conversa fiada
E prossegue a correria

Já tive um dentro do peito
De primavera vestido / A bater desordenado
Bateu tanto, e de tal jeito / Que me roubou o sentido
E me faz da vida, um fado

Quem tiver um coração
Se não o quer ver no inferno / A arder por uma quimera
Vista-o de qualquer estação / Outono, Verão, ou Inverno
Mas nunca de Primavera