- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Já me deixou

Artur Ribeiro / Maximiano de Sousa
Repertório de Max

A saudade andou comigo
E através do som da minha voz
Nos seus fados mais antigos
Fez mil versos a falar de nós

Troçou de mim à vontade
Sem ouvir sequer, os meus lamentos
E por capricho ou maldade
Correu comigo a cidade
Até há poucos momentos

Já me deixou... foi-se logo embora
A saudade, a quem chamei maldita
Já nos meus olhos não chora
Já nos meus sonhos não grita
Já me deixou... foi-se logo embora
Minha tristeza chegou ao fim
Já me deixou mesmo agora
Saiu pela porta fora
Ao ver-te voltar p’ra mim

Nem sempre a saudade é triste
Nem sempre a saudade é pranto e dor
Se em paga a saudade existe
A saudade não dói tanto, amor

Mas enquanto tu não vinhas
Foi tão grande o sofrimento meu
Pois não sabia que tinhas
Em paga às saudades minhas
Mais saudades do que eu