- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

A ilha

José Fanha / Luís Pedro Fonseca
Repertório de Cristina Nóbrega

Estou perdida meu amor, na noite escura
Ofendida pelas luzes da cidade
Incapaz de cavalgar essa lonjura
Que separa o meu olhar, da tempestade

Estou á tona do silêncio numa ilha
Rodeada a toda a volta de universo
O rebelde coração é uma rodilha
Preso á vida, por um beijo ou por um verso

Estou de pé, dentro de mim a tropeçar
Neste rosto com que visto a minha cara
Sem um sopro que pudesse desviar
Tantas balas que o passado me despara

Estou aqui á beira mundo, a transpirar
As ideias que me dizem naufragadas
Como um barco que só sabe caminhar
Entre rotas nunca dantes navegadas