- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Varinas

Carlos Simões Neves / Casimiro Ramos
Repertório de Fernando Farinha 

Esbeltas, frescas, ladinas
Mal se estende a luz do céu
Vozes frescas, cristalinas
Descalças, pernas ao léu
Eis o rancho das varinas

Tranças negras ou doiradas / Por baixo das canastrinhas
Por sobre as faces rosadas / Lindos lenços de pintinhas
Aos beijos nas madrugadas

Belezas que vão saudar / A brisa das marés cheias
Ao vê-las chego a pensar / Que as encantadas sereias
Andam fugidas do mar

Quando ouvem o pregão / Que alegre no espaço alastra
Como a dar-lhes atenção / Espreita o peixe da canastra
Pasmado de admiração

Se ao piropo alguma atende / Plas ruas, pelas esquinas       
Aviso a quem as pretende / Que entre o rancho das varinas
Só o peixe é que se vende