Clique na imagem e oiça Fado !!!
* * * * *
As 5.380 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo brasileiro* 1921/1997
-------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *
------------------------------------------------------------------------- -------------------------------------------------------------------------
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
* * * * *

Sino da minha aldeia

Fernando Pessoa / Popular *fado das horas*
Repertório de António Zambujo


Ó sino da minha aldeia

Dolente na tarde calma
Cada tua badalada
Soa dentro de minha alma

E é tão lento o teu soar / Tão como triste da vida
Que já a primeira pancada / Tem o som de repetida

Por mais que me tanjas perto / Quando passo, sempre errante
És para mim como um sonho / Soas-me na alma distante

A cada pancada tua / Vibrante no céu aberto
Sinto mais longe o passado / Sinto a saudade mais perto