Clicar na imagem !!!
* * * * *
As 5.310 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
POR FAVOR <> no sentido de melhorar este tributo ao fado, alerte-me para qualquer erro encontrado <> OBRIGADO
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *
* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
-------------------------------------------------------------------------
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
* * * * *

Desalento 2018

Letra e musica de Jorge Fernando
Repertório do autor

Por mais que eu tente dar alento ao meu caminho
Por mais que eu teime em este peito sossegar
Quando anoitece fico só e então sózinho
A solidão não pára de me atormentar

Fala de mim, das minhas dores, do meu passado
Do que eu não posso apagar dentro de mim
Porque as memórias são a história, são o fado
Por mais que eu queira, não consigo dar-lhe fim

Pois sim
A vida não foi fácil para mim 

Eu sei que a vida me escolheu ao dar-me vida
Que não prescinde do que eu faço e do que eu sou
E que ao nascer trouxe consigo a fé devida
P'ra me arriscar neste caminho a que me dou

Mas a tristeza de me achar abandonado
Entre o que eu quero ser e aquilo que não sou
Encontra a paz quando me escondo num fado
Onde a minh'alma bem cedo se revelou