As 5.180 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Tem pena de mim, tristeza

António Vilar da Costa / Nóbrega e Sousa
Repertório de Alice Maria

Vejo os teus olhos vagabundos na grande nau da lua cheia
Que anda a afundar-se além no rio
Calaram-se as sereias naquele cais vazio
Canta um boémio tresloucado os fados tristes que aprendi
Num velho búzio que me déste
Canções da beira rio que um dia tu esqueceste

Tem pena de mim tristeza, não me prendas
Nas amarras da saudade desta voz
Não sou mais o timoneiro da barca dos meus sonhos
Que um dia naufragou na voz
Já não quero mais prender-me nas marés
Não vagueio mais, na bruma da incerteza
Já sequei por ti as fontes salgadas dos meus olhos
Tem pena de mim tristeza

Hei-de voltar ao cais de outrora, erguer de novo ao sol doirado

As velas brancas do meu sonho
Meu rumo está mudado, meu fado é mais risonho
Entre a alegria das gaivotas hei-de enterrar saudades minhas
Depois cantar no cais á espera das novas andorinhas
Da minha primavera