- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.520 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado xuxu

Amadeu do Vale / Frederico Valério
Repertório de Amália

O fado, canção bizarra / Pôs a samarra todo trecheiro
E lá foi com a guitarra / Até ao Rio de Janeiro

Fez-se um fadista atrevido / Tão destemido e de tal marca
Que até já é conhedico / P'lo fadistão da Fuzarca

Com sambinhas e modinhas, Abacate
Vitamate, Guaraná, Maracujá e Caruru
Com cocada, batucada para ti, Abacaxi, Goiabada
O fado é bom p'ra xuxu

Portuguesinho de raça / Bebe cachaça, come pipoca
E no catete até passa / Por cidadão carioca

Às vezes vai à favela / Calça chinela, todo se bamba
E o fado canção singela / Agora é todo do samba