- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Canção verde

Pedro Homem de Melo / Carlos da Maia *fado perseguição*
Repertório de Joana Amendoeira

A minha canção é verde
A minha canção é verde
Sempre de verde cantei;
De verde cantei ao povo
E fui de verde, de verde
Cantar á mesa do rei

Tive um amor, triste sina
Tive um amor, triste sina / Amar é perder alguém
Desde então ficou mais verde
Tudo em mim, a voz, o olhar / E o meu coração também

Deu-me a vida além de luto
Deu-me a vida além de luto / Amor á margem da lei
Amigos são inimigos
Pára, me disseram todos / Só eu de verde fiquei

A minha canção é verde
A minha canção é verde / Canção á margem da lei
A minha canção é verde
Verde como este poema / Que por meu mal te cantei

A minha canção é verde
Verde, verde, verde, verde
Mas porque é verde não sei