- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Quem me ensinou a cantar

Carlos Conde / Helena Moreira Viana *fado lenitivo*
Repertório de Rodrigo

Não foi nessa dor que invade
O que a tristeza amortalha
Que eu aprendi a cantar
Foi na voz duma saudade
Que eu encontrei na muralha
A dizer adeus ao mar

Não foi num desejo breve
Puro e doce como os sóis / Na luz de tudo o que existe
Foi num lenço cor de neve
Que se agitava e depois / Enxugava um olhar triste

Não foi promessa nem sina
Oscilantes como o fumo / Ou as águas da maré
Foi o dobrar duma esquina
Com duas vidas sem rumo / E duas almas sem fé

Mas nem sempre a sorte crua
De uma sombra de viela / Ensina a cantar à toa
Eu aprendi com a rua
A cantadeira mais bela / Que até hoje houve em Lisboa