- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Destino marcado

Fernando Farinha / Popular *fado menor*
Repertório de Fernando Farinha

O fado tem não sei quê
Que prende a vida da gente
Um nada que se não vê
Um tudo que a gente sente

Eu dei a vida a valer / Nada mais podia dar
Agora para viver / Vivo sim, mas a cantar

Vinha o destino marcado / Pois logo de pequenino
Fiz do destino dum fado / O fado do meu destino

Se a tristeza ao fado assiste / E o fado assim extasia
Prefiro ser sempre triste / P'ra não morrer de alegria

A minha vida renasce / Neste meu canto magoado
Cada um é pro que nasce / E eu nasci para o fado