- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Pergunta a Lisboa

José Luís Gordo, Mário Raínho / Carlos Alberto Moniz, Braga Santos
Repertório de Maria da Fé

Diz-me Lisboa

Quem te vestiu de verdade
Quem te desenhou cidade / Á beira do rio Tejo
Diz-me Lisboa

Quem te escolheu por morada
De quem foste namorada / A quem te deste num beijo

Diz-me Lisboa o que é feito das varinas
Dos pregões nas esquinas, diz-me Lisboa
Diz-me Lisboa onde aprendeste a cantar
Concerteza foi no mar, na proa duma canoa;
Diz-me Lisboa se quando eras menina
Já eras costureieinha, diz-me Lisboa
Diz-me Lisboa se tens saudades do chora
E quem te transporta agora, agora chora Lisboa

Diz-me Lisboa / Como era o teu castelo
Teu casario singelo / Calçadinha á portuguesa
Diz-me Lisboa / Quem te pôs na voz o fado
Esse eterno namorado / Que te canta e dá beleza