- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Não digam ao fado *fado fadista*

Letra e musica de Frederico de Brito
Repertório de Carlos do Carmo

Não digam ao fado com ar de disfarce
Que é baixo que é reles, que não tem valia
Que aprenda ciências, que vá doutorar-se
Que seja poeta, mas doutra poesia

Mas digam ao fado, que não se entristeça
E apenas se alegre, nas provas de vinho
Que por maus ciúmes, não perca a cabeça
E não ande ás cegas por tão maus caminhos

O fado fadista
Tem de tudo um pouco
Tem tanto de artista como tem de louco
Veste-se de novo
Á maneira antiga
É filho do povo e o resto é cantiga