- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Canta-se o fado

Pedro Ayres de Magalhães / Rão Kiao
Repertório de Deolinda Bernardo

Canta-se o fado com alegria
Com sentimento e fantasia
O fado sente e ajuda a gente
Em companhia

Canta o fado com verdade / Que o fado faz do presente
Uma vida no passado / E á vida toda da gente

O fado acorda a saudade / Que dorme sempre escondida
E quando não canta, o fado / É uma verdade esquecida

Canto o fado quando andares / Á chuva, ao frio e ao vento
Encontra o fado a cantar / Encontra o teu sentimento

E se a tua voz se erguer / Em noites de cantoria
Pensa em mim quando cantares / Que eu faço-te companhia