- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.520 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Nada e ninguém

António Lampreia / Manuel Viegas
Repertório de Tony de Matos

Nada e ninguém
Poderá conseguir, eu sei bem
Modificar este meu coração
Quando amar, tem de amar de verdade
Se odiar, não se esconde a mentir
E não se entrega sem uma razão

Nada e ninguém poderá censurar
A causa que alguém defendeu
Nada e ninguém poderá atirar
Pedras a quem se perdeu

Não há degraus p'ra subir
Quando as vidas se encontram
Muito sós, sem carinhos de alguém
Mas por isto mesmo
Serei sempre também p'ra toda a gente
Só, nada e ninguém