- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.520 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Cerejas e Jasmins

Letra e música de Yola Dinis
Repertório da autora 

Folhas áridas no solo
Adejam com a brisa
Neste bosque as sombras sussurram
É um labirinto de surpresas

O som do vento nos ramos
Arrepia almas de amor
Enternece minh’alma apaixonada
É lá que mora o meu amor

Lá, os lagos são de prata
Ai… meu amor
As cerejas doces são rubis
E as flores de jasmim afrodisiam a hora