As 5.180 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Tempos de criança

Clemente Pereira / Eduardo César
Repertório de Tristão da Silva

Há muito que já não ia ao bairro aonde nasci
Fui ontem na companhia duma saudade que me quis levar ali
Levou-me á rua onde dei os passos iniciais
Naquela rua, fui rei da brincadeira, com o Zé e outros mais

Mas quando em mim vejo
Que a idade avança
E na minha frente a esperança recua
Ai como eu invejo
Aquela criança
Que brinca contente com outras, na minha rua

Mostrou-me a escola aonde andei e fiz diversas partidas
Lembrou-me as faltas que dei para brincar, tanta vez, ás escondidas
A água do chafariz a molhar quem segue em paz
Ai como a gente é feliz nessas maldades nesses tempo de rapaz