- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Fado do tempo morto

Carlos Leitão / Popular *fado menor*
Repertório de Ana Laíns

Se o tempo não chega a ser
Mais que as horas a passar
Talvez o mal de perder
Me deixe um dia ganhar

Das mil voltas que já dei / Ao mundo que já foi meu
Fica-me o tem em que amei / Todo o mundo que era teu

Talvez de mim me perdesse / E me esquecesse de ti
Então o tempo dos dois / Seria o que não vivi

Não sei bem se ainda te quero / Se é sina que Deus me deu
Meu amor, se não te espero / É porque o tempo morreu