- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - - - -
As 5.440 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os
- - - - -
Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE *filósofo*
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Serenata dos olhos verdes

Jerónimo Bragança / Joaquim Luiz Gomes
Repertório de Alberto Ribeiro

Cor verde dos olhos dela
Não haver outra cor;
Tão luminosa e tão bela
Cor verde dos olhos dela
Do olhar do meu amor

Por entre as saias de folhos
Do rosário dessas pestanas
Lembram meninas profanas
As meninas dos teus olhos

Meninas da cor das ondas
Vestidas de negro véu
Porque se escondem assim;
Ó meu amor não escondas
Essas meninas de mim