- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Sereia

Tiago Torres da Silva / Cavalheiro Júnior *fado menor do porto*
Repertório de Né Ladeiras

Beira-mar à beira areia
O azul do mar chamou-me
E na voz duma sereia
Ouvi dizer o teu nome

Beira-mar à beira amor
Perguntei-lhe, quem me me chama
Ela disse que era a dor
Que não pode amar, mas ama

Beira-mar à beira porto
Gritou: a minh’alma é tua
Mas quando olhei o seu corpo
Foi-se embora semi-nua

Beira a beirar solidão
Durante dias chamei-a
E no mar do coração
Ao longe escuto a sereia