- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

A fazer horas prá saudade

Francisco Nicholson / Eugénio Pepe
Repertório de António Mourão

Ando a brincar co'a madrugada
A fazer horas prá saudade
A noite corre apressada

É tão tarde, já é tão tarde

E vou fingindo não ser nada
Eu sou herói sendo covarde
Ando a brincar co'a madrugada
Mas é tarde, já é tão tarde

Não, não, não quero viver sem ti
Não quero crer nada do que ouvi


E vou correndo a madrugada
De rua em rua, ao Deus-dará
Voltar p'ra quê se à chegada
Tu não estás, sei que não estás

Fazendo horas prá saudade
Vou enganando a minha dor
Não volto e fingo que m'esperas

Meu amor, ó meu amor