<> Canal de Rádio criado em homenagem a RODRIGO <>
Clique na imagem e oiça a Rádio Bocas do Fado

<> <> <>
Este espaço foi criado <> Com grande dedicação <> Por alguém que faz do fado <> A sua religião.

<> <> <>
As 5.845 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.

<> <> <>
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa.
Paulo Freire *filósofo* 1921 <> 1997

<> <> <>
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil <> Em caso de dificuldade não hesite em contactar <> fadopoesia@gmail.com

Balada do sino

Letra e música de José Afonso
Repertório de Amália

Uma barquinha lá vem lá vem
Dim-dem, a barquinha de Belém

Senhor barqueiro, quem leva aí?
Dão-dim, a barquinha de Aladim

Levo a cativa duma só vez
Dois, três, a barquinha do Marquês

Ao romper de alva, casada vem
Dim-dem, a barquinha que vai bem

Se a tem guardada deixe-a fugir
Dão-dim, na barquinha do Vizir

Lá vai roubada, lá vai na mão
Dim-dão, na barquinha do ladrão