Canal de JOSÉ FERNANDES CASTRO apadrinhado pelo mestre RODRIGO

*CLIQUE e OIÇA*
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores dos temas aqui apresentados.
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

A lenda do fado

António Mendes / Franklim Godinho
Repertório de Ana Maurício

Dizem que o fado nasceu
Numa noite triste e fria
Na mais humilde viela
Quando uma estrela do céu
Foi cair na Mouraria
Nos degraus da porta dela

Cota a lenda dessa era
Que esse menino sagrado 
Que veio à terra por bem
Entrou dentro da Severa
Porque ela chamou-lhe fado 
E o fado chamou-lhe mãe

Há quem se atreva a contar
Quando a Severa morreu 
E o deixou na orfandade
O fado pôs-se a chorar
A boa mãe que perdeu 
E assim nasceu a saudade

Por isso é que o fado é triste
Porque chora muitas vezes 
E também nos faz chorar
É porque a tristeza existe
Na alma dos portugueses 
Quando ouve o fado cantar