- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Guitarra meu encontro

Fernando Freitas / Jerónimo Bragança
Repertório de Ada de Castro

Guitarra meu encontro sempre novo com o fado
Dá o tom neste mote que diz povo
E vamos por aí fora ao encontro das palavras
Que são asas bem abertas sobre a vida

Cantar... é rasgar mais horizontes
Lançar fogo nas ideias, ir com elas a correr
Cantar... é erguer sempre uma ponte
A quem também tem asas sem saber

 
Guitarra, temos ambas um destino singular
Pressentir o sentido ao fado novo
Levá-lo por aí fora ao encontro das pessoas
E dizer: este fado vem do povo