- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -
- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Rádio apadrinhada pelo mestre RODRIGO

Rádio apadrinhada pelo mestre RODRIGO
CANAL DE JOSÉ FERNANDES CASTRO EM PARCERIA COM A RÁDIO MIRA

- - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - - -

Loading ...

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* As letras publicadas referem a fonte de extração, ou seja: nem sempre são mencionados os legítimos criadores *

<> 6.360 LETRAS <> 2.245.800 VISITAS <> AGOSTO DE 2021 <>

* ATINGIDO ESTE VALOR /*/ QUE ME FAZ SENTIR HONRADO /*/ CONTINUO, COM AMOR /*/ A SER SERVIDOR DO FADO *

* POIS MESMO DESAGRADANDO /*/ A *TROIANOS* MALDIZENTES /*/ OS "GREGOS VÃO APOIANDO /*/ E VÃO FICANDO CONTENTES *

* NÃO ENCONTRA O FADO PREFERIDO? /*/ ENVIE, POR FAVOR, O SEU PEDIDO * fadopoesia@gmail.com

--------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

* NASCEU ASSIM... CRESCEU ASSIM... CHAMA-SE FADO // Vasco Graça Moura // Porto 03.01.1942 // Lisboa 27.04.2014 *

---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

Fado das iscas

Lourenço Rodrigues / Raúl Ferrão *fado das caldas*
Repertório de Hermínia Silva

Criação de Hermínia Silva na revista *Iscas com Elas* 
Estreada no Teatro Apolo em 1938
Informação de Francisco Mendes e Daniel Gouveia
Livro *Poetas Populares do Fado-Canção* 

Noutros tempos da ramboia / Metia sempre tipoia
Os tascos tinham beleza / Davam gosto as berzundelas
Com conserva à portuguesa / E as belas iscas com elas

As iscas sabiam bem
Sem elas era um vintém
Quando metia batatas
Trinta reis era um pratinho;
E um tipo nessas frescatas
Enchia o papo de vinho


Belas iscas do Alfaia / E da Rua da Atalaia
Era um petisco burguês / Tinha um sabor sem igual
Comido no Alvarez / Da Rua do Arsenal

Uma isquinha a preceito / Chega a fazer bem ao peito
Aquele cheirinho a isca / Até regala os mortais
A gente quando a petisca / Ai, no fim chora por mais


Vicente da Câmara adoptou para o seu repertório esta música
com uma letra de Arnaldo Forte intitulada Fado das Caldas
gravando-a e sendo um dos seus êxitos mais emblemáticos.

Hermínia Silva canta estes dois versos como 
*E um tipo nessas frescatas / Enchia sempre o papinho*
Estrofe não constante do Boletim de Registo da letra
recolhida por audição do disco EP MEP 60 149 Hermínia Silva
Fado do Pistarim - Alvorada/Rádio Triunfo, Lda., Porto, 1957.