- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Podemos ser amigos

João da Mata / Miguel Ramos *fado alberto*
Repertório de Lucília do Carmo

Agora que entre nós tudo acabou
Depois de tantas zangas e castigos
Agora que és livre e eu também sou
Podemos afinal, ser bons amigos

A vida insuportável que levamos
As privações imensas que sofremos
As discussões inúteis que travamos
Serviram pelo muito que aprendemos

Eu aprendi verdades que ignorava
Tu lêste o que minh'alma continha
Nem eu era a mulher que tu sonhavas
Nem tu o homem que me convinha

Agora apenas somos bons amigos
Porque entre nós, não pode haver mais nada
Vale mais a amizade sem castigo
Do que o prazer da carne torturada

Agora que és livre e eu sou também
Podemos ser felizes e risonhos
Já eu sou a mulher que te convém
E já tu és o homem dos meus sonhos