- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Deixa-me

Jorge Rosa / Martinho d’Assunção
Repertório de Beatriz da Conceição

Não te peço p’ra voltares a ser de novo o que eras
Não te peço mais quimeras, pois não quero mais mentiras
Peço-te sim p’ra deixares de me dar desassossego
Devolvendo-me o sossego que dia a dia me tiras

Deixa-me, deixa-me só, por favor
Mesmo que queira, não posso fingir a ti um carinho
Deixa-me, p’ra ti já não tenho amor
E o passado que foi nosso perdeu-se pelo caminho

Não merecia, sei-o bem, o teu desprezo cruel
Amor que se torna fel, nunca mais ganha doçura
Como eu, não há ninguém que não se canse por fim
Trocando o bom p’lo ruím e a bondade p’la tortura