- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.585 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Quis-te tanto, meu amor

João Fezas Vital / Verónica
Repertório de Vasco Rafael

Quis-te tanto, meu amor
Como quem quer um lençol
Onde se guarda o suor
Dum cansaço com razão;
Lençol que me acolhesse
Quando se me acaba o sol
E tudo em mim, entristece
Bordado p’la tua mão

Quis-te tanto, meu amor
Que me traí em segredo
Num soluço com a dor
De quem trai uma criança;
Quis cantar tudo o que sei
Como quem grita de medo
Fora de casa e da lei
Quando o amor é já sem esperança

Quis cantar o que te quero
Com a voz com que te chamo
Meu amor de desespero
Minha raiva e aflição;
Cantar, cantar, e morrer
Na varanda de oceano
Que se ergueu de ti, mulher
Nesta minha solidão