- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.590 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Despedida

Isidoro de Oliveira / Alfredo Duarte *fado cravo*
Repertório de Manuel Cardoso de Menezes

Tu ficas, eu vou partir
Meu coração a sofrer
Vai sangrar de verdade
Levo uma esp’rança a sorrir
Que ainda te hei-de ver
Se não morrer de saudade

Nunca mais nos separamos
Disse-te eu, apaixonado / No mais profundo sentir
Como nós nos enganamos
Como é triste o nosso fado / Tu ficas, eu vou partir

Disse-te adeus minha querida
Como quem ao próprio ser / Diz adeus d’eternidade
E ao dizer adeus à vida
Meu coração a sofrer / Vai a sangrar de verdade

Mas como eu tenho um amor
E nesse amor confiança / Posso dizer sem mentir
Por grande que seja a dor
Meu amor levo uma esp’rança / Levo uma esp’rança a sorrir

O futuro a Deus pertence
Mas ‘stou seguro que hei-de ter / Um pouco de felicidade
É a fé que me convence
Que ainda te hei-de ver / Se não morrer de saudade