- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.650 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Paradoxos do amor

Rogério Oliveira / Miguel Ramos *fado oliveira*
Repertório de Pedro Moutinho

Há no seu jeito inseguro
Um toque de charme puro
Que desnorteia e emudece
São coisas que não se entendem
Mas sei que muito me prendem
Dum modo que não se esquece

É como ter sempre um muro
Não ver além um futuro / Sem que por ela não passe
Pousar a mala na estrada
E ver a vida adiada / Como se alguém a levasse

As leis precisas do amor
E os predicados da dôr / Andam sempre lado a lado
Amar é ter por condão
Estar preso e dessa prisão / Não querer ser libertado