As 5.205 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Cravo de São João

Anibal Nazaré / Martinho d’Assunção
Repertório de José Manuel Barreto

Quando a vi, ela trazia
Bem juntinho ao coração
Como um grito de alegria
Um Cravo de São João

Passou por mim apressada
Da primeira vez que a vi
Achei a moça engraçada
E nunca mais a esqueci

Vinha bonita, com seu vestido de chita
Tinha uma graça infinita, tinha um ar bem português
O meu olhar pousou nela como um beijo
E fiquei com o desejo de a encontrar outra vez

Fez-me o destino a vontade
Novamente a encontrei
Mas p´ra dizer a verdade
Que diferente que eu a achei

Elegante no trajar
De luxo e ostentação
E uma Orquídea no lugar
Do cravo de São João

Vinha elegante num vestido extravagnate
E tinha um ar petulante que cheirava a perdição
Naquela Orquídea sua vida se resume
Porque perdeu o perfuma do Cravo de São João