- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.515 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

Casa

David Mourão Ferreira / José Campos e Sousa
Repertório de António Pinto Basto 

Tentei fugir da mancha mais escura
Que existe no teu corpo e desisti
Era pior do que a morte o que antevi
Era a dor de ficar sem sepultura

Bebi entre os teus flancos a loucura
De não poder viver longe de ti
És a sombra da casa onde nasci
És a noite que à noite me procura

Só por dentro de ti há corredores
E em quartos interiores, cheiro a fruta
Que veste de frescura a escuridão

Só por dentro de ti rebentam flores
Só por dentro de ti a noite escuta
O que sem voz me sai do coração