As 5.180 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores !!!
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
<> POR FAVOR, alerte-me para qualquer erro que encontre <>
<> Ninguém sabe tudo, ninguém ignora tudo, só todos juntos sabemos alguma coisa <> PAULO FREIRE
---------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
* Por motivos alheios à minha vontade, o motor de busca nem sempre responde satisfatóriamente *

* A seleção alfabética é da responsabilidade da blogspot !!!
* Caso necessite de ajuda envie a sua mensagem para: fadopoesia@gmail.com *
----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------


Poema da malta das naus

António Gedeão / Paulo Valentim
Repertório de Kátia Guerreiro

Lancei ao mar um madeiro
Espetei-lhe um pau e um lençol
Com palpite marinheiro
Medi a altura do sol

Com a mão esquerda benzi-me / Com a direita esganei
Mil vezes no chão, bati-me / Outras mil me levantei

Dormi no dorso das vagas / Pasmei na orla das praias
Arreneguei, roguei pragas / Mordi pelouros e zagaias

Tremi no escuro da selva / Alambique de suores
Estendi na areia e na relva  / Mulheres de todas as cores

Moldei as chaves do mundo  / A que outros chamaram seu
Mas quem mergulhou no fundo  / Do sonho, esse, fui eu

O meu sabor é diferente / Provo-me e saibo-me a sal
Não se nasce impunemente / Nas praias de Portugal