- - - - -

- - - - -
Clique na imagem e oiça Fado
- - -
Ninguém ignora tudo, ninguém sabe tudo. Todos nós sabemos alguma coisa, todos nós ignoramos alguma coisa. Por isso aprendemos sempre
PAULO FREIRE *filósofo* 19.09.1921 / 02.05.1997
- - - - -
As 5.500 letras publicadas referem a fonte de extração, o que nem sempre quer dizer que os artistas mencionados sejam os seus criadores.
- - - - -
Use o motor de busca *barra de links* para pesquisa rápida e fácil.

O silêncio da noite

Cristina Maria / António Neto
Repertório de Cristina Maria

Aperta-se-me o coração
Não sei se de saudade
De dor ou ilusão
Da minha própria vontade

Aguardo o silêncio da noite
Na inquietude de um pensamento
Perdido da triste morte
Num sopro grito de lamento

Beija os pecados desta loucura
Nua, cega e destemida
Ou arranco as lágrimas em tortura
Deste amor, assim enlouquecida

Esquecida da vida, meu amor
Inglória coragem
Ingrata miragem
De uma vida, meu amor